Terapia de Cozinha

by - 19:49:00

Se tem uma coisa que eu preciso aprender na vida (e urgente) é ouvir o que os outros dizem.
Mas se ouvir conselhos fosse bom, a gente não faria tanta coisa errada na vida, né?

Essa semana foi realmente uma semana bizarra. Cheia de altos e baixos, que eu até pensei que iria surtar, ou ter um infarto. Devo a isso ao fato de não estar caminhando há mais de uma semana. Por motivos óbvios e fortes: não, não é preguiça; é porque resolvi caminhar com o tênis errado, e deu ruim.
Acho que por não estar caminhando, visto que estou fazendo isso desde novembro, meus batimentos cardíacos começaram a ficar instáveis, e minha raiva começou a ficar quase que incontrolável, e com isso ressurgiu a imensa vontade de dar um soco na cara de alguém, ou sair por aí xingando todo mundo, e revidando sempre quando alguém fala mais grosso comigo.

Então, dia desses, mais precisamente dia vinte, mudança de Lua, eis que resolvo fazer um bolo. Bolo de chocolate com cobertura de chocolate e granulado.
Era para ser uma terapia de cozinha. Mas não foi.

E quer saber por que?

 


Pois é.
Eu também adoraria saber por que meu bolo não deu certo.
Era tudo simples! Estava tudo anotado!



Peguei a receita no "Super Caderninho de Receitas da Mamãe". Quem deu esse nome ao caderno fui eu mesma, quando criança ainda. Não sabia mexer na cozinha, mas já era apaixonada pelo caderno da minha mãe.

Ingredientes do bolo, da cobertura, modo de preparo e todo esse blablabla que todas as receitas têm.
E eu segui. Passo a passo.


Mas estava na cara que algo ia dar errado...


... e deu.


Eu realmente não compreendo o que eu fiz de tão errado para acontecer isso.
E essa foi os quinze primeiros minutos de forno, então, vocês realmente não têm noção de como realmente ficou o forno depois disso! Foi disso aí pra pior, porque a massa começou a cair da forma e não parava mais e... O que era pra ser uma terapia de cozinha tornou-se a tortura da limpeza!
Deus sabe o quanto de xingamentos tive que ouvir dos meus pais por causa disso. HAHAHAHA. Triste, mas valeu a experiência.

Uma grande parte do bolo ficou queimada, ressaltando que ficou mais de uma hora no forno!



Mas um pedaço deu para aproveitar! 


Matei a super vontade de comer bolo! 
Ai que super felicidade!