Sete Dias

by - 23:56:00

Se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que existem coisas que o dinheiro não compra.
Mas existem coisas que o dinheiro compra. 
E também existem coisas que dinheiro nenhum no mundo paga.
E coisas que valem todo o dinheiro que a gente tem.

No dia 09 de Novembro de 2014, eu estava em casa com minha família e amigos comemorando meu aniversário. Era churrasco, com direito a bolo e brigadeiro. E enquanto isso, rolava lá em Interlagos a Formula 1. 

Eu disse pra mim mesma - e para todos - que o meu presente de aniversário de 2015 seria um ingresso pra ver a F1. Todos riram. Alguns apoiaram, meus pais nem ligaram, e outros nem se importaram.
Mas aconteceu. Confesso que foram dez - dez fuckin' infinitos - meses pagando e esperando o tão glorioso dia chegar.
E chegou.
Foi uma confusão até o dia 13 de Novembro. Umas brigas, discussões e muito, mas muito desentendimento rolou durante esses dez meses, mas tive ao meu lado a melhor pessoa do mundo quando se trata de coisa louca: minha irmã. A louca linda comprou o ingresso pra ir comigo, até porque, se ela não fosse, eu não iria. Irmão é pra essas coisas, né gente? 

Eu não sei explicar com as devidas palavras qual foi a minha reação no momento em que pisei em Interlagos e ouvi pela primeira vez na minha vida o barulho de um carro de corrida. Apenas consigo dizer que foi uma das sensações mais incríveis do mundo, e que não tem dinheiro que pague a felicidade em realizar um sonho.


Foram incontáveis horas (metrô + CPTM + caminhada a pé + fila para retirada do ingresso) de espera, e eu só conseguia sorrir. ♥

 Fui contemplada ao conseguir tirar uma foto do melhor piloto com o melhor carro da melhor equipe.
#ForzaFerrari #Seb5 

 Óbvio que tirar uma foto do carro mais rápido seria uma tarefa extremamente difícil e quase que impossível. Mas consegui um singelo registro do Lewis. ♥


 Realizei o sonho da minha vida. Fiquei a poucos metros do homem que me incentivou a assistir e acompanhar este esporte. 
Não tenho palavras para expressar a minha reação e meus sentimentos quando vi Jenson Button na minha frente. Ele é meu piloto favorito. Schumacher, Vettel, Lewis, Massa e Grosjean obviamente fazem parte desta lista, mas Button é Button. 
Eu não sei o que dizer. Só sei sentir.
Não vi Schumacher, mas vi Button. ♥


Outra coisa legal dessa semana, que por sinal, passou tão rápido quanto o carro do Vettel, foi a entrega do meu TCC. Jamais imaginei que continuaria na faculdade, porque sempre fui muito confusa em relação à minha profissão; e muito menos que conseguiria chegar no último ano (inúmeros pensamentos de: "Vou desistir!"); e fazer um trabalho descente. 

Mas continuei. Mas cheguei. Mas fiz.
Fiz e entreguei meu trabalho no dia em que o Corinthians consagrou-se campeão brasileiro. 
19 de Dezembro de 2015. Dá pra acreditar?


 
ENTREGA AS TAÇAS!!! 


Você tem um amigo que faz aniversário no mesmo dia que você? Caras, eu tenho! Insano, né? Meio doido esse lance. Tantos dias para nascer, e você e seu amigo nascem no mesmo dia. 
Encontrei com o Flávio, um amigo de 2012, enquanto estava na capital pra Formula 1, e aproveitamos para comemorar nosso aniversário. Teve encontro no metrô, espera na fila do Veloso, chuva na saída da estação, pizza e caipirinha de saquê de morango num barzinho fuleiro da Augusta, e mais uma rodada de cerveja num bar mais aconchegante da Paulista. 
Teve tudo isso sim senhor. E ainda teve fintchy reais pra pagar o táxi de volta pra casa.  ♥





Teve momento gourmet e pausa dramática pra esse hambúrguer maravilhoso do AkiHostel.


Me sinto a pessoa mais feliz do mundo por ter tido uma semana tão incrível e abençoada como esta! ♥ ♥ ♥


De tudo o que aprendi na vida, posso resumir em uma coisa:
As coisas boas da vida não são coisas.