Dias difíceis

by - 23:29:00

Como tem sido difícil manter-se firme certos dias. 
Para ser sincera, quase todos os dias. 
É triste quando algum pensamento ou lembrança do passado vem à tona. Nesses últimos dias elas estão vindo com mais e mais frequência, e maior intensidade. Cheguei a chorar de soluçar, e a dormir de tanto chorar. Cheguei a me desesperar e querer sumir. Mas nada do que eu faça ou deixe de fazer irá mudar o que foi feito, vivido, dito e escrito. 
Não vale a pena tentar voltar no passado para consertar as coisas, até porque, SURPRESA! Não dá para voltar no passado! 
Estive pensando hoje em como seria bom se eu não tivesse vivido certas coisas, mas cheguei a conclusão de que se eu não as vivesse, não seria hoje quem sou. 
Vivo em um misto de dúvidas, incertezas e vontades dentro de mim. E não sei o que fazer com isso.
Talvez seja crise. A crise dos dois patinhos (22) que está chegando ao fim. 
Fato: Sempre fico nostálgica quando se aproxima do meu aniversário.
Socorro.

Quero deixar aqui registrado meu amor por Amy.
Nunca ninguém chegou tão perto de mim como Amy.
Saudades, Amy.

Como sinto saudades de pessoas, de momentos, de amigos, de tudo. 
E de mim mesma.


My tears dry on their own... 

Estou levando, além de YOLO, um mantra por um bom tempo:
Se a Britney sobreviveu ao ano de 2007, eu sobrevivo a qualquer coisa.