Água com Sal

by - 23:43:00


Se é água com sal que acalma, isto explica o porque desta tempestade que está aqui dentro de mim.
Uma saudade de viajar.
Uma saudade de sair de casa.
Uma saudade de me ver o mar.

Sinto-me presa, enfurnada, isolada, perdida por aqui.
O desespero bateu à minha porta por diversas vezes.
O desespero da morte. 
E quando acaba? O que sobra? O que fica? O que leva?
Pra onde vai? Como vai? Como será?

Minha mente está assim, abalada, pensativa, contraída, desesperada.
Busco em minhas orações me comunicar com Deus, mas às vezes sinto que não sei conversar com Ele.
Logo eu...
Logo eu, nascida e criada em Igreja.
Logo eu, que provei, por diversas vezes, do Seu Poder sobre a minha vida.
Logo eu, LOGO EU!
Por que será que isso acontece, não é mesmo?
Será que estou orando e apenas pedindo, exigindo, reclamando, resmungando? 
Céus!
Estou a enlouquecer.

Tenho medo de ficar sozinha em casa.
Tenho medo do escuro.
Tenho medo de fantasmas.
Tenho medo.
Muitos medos.

Não sei se é a idade, se é esse fim de ano, se são os pensamentos que ocupam a minha mente e bagunçam tudo, ou se é apenas isso, a falta de água com sal para acalmar...

Que saudade de praia!