terça-feira, 25 de setembro de 2018

O dia em que eu sonhei com os planetas

Eu me sinto tão agraciada por viver algumas experiências enquanto durmo. Experiências que parecem reais, mas são só sonhos. 
E são só sonhos mesmo, como o sonho que eu vivi semanas atrás. E não tem como se tornar realidade, a não ser que eu esteja muito louca e que esse mundo não seja real...

Sonhei estar num carro, que se dirigia sozinho, e eu sozinha, andava por uma estrada.
De noite, estrada vazia, uma música tocando ao fundo, e eu ali, perdida no meio do nada.
Me lembro que estar rindo, e rindo demais. Algo que, particularmente, não faço há muito tempo. Rir, me divertir de verdade, gargalhar escandalosamente, sorrir sem controle.

A cada quilômetro que o carro andava, tudo ia surgindo.
Primeiro, foram luzes.
Depois, as estrelas.
Aí veio a Lua. E era Lua de verdade, com todos os seus detalhes, traços e beleza.

Eu estava tão envolvida nisso, que logo peguei meu celular, comecei a registrar esse incrível acontecimento, e era câmera daqui, celular dali, e olho numa estrela, e outro olho na lua, e os dois caçando mais alguma coisa que pudesse surgir.

E então surgiu a Terra.
Aquele tom de azul turquesa tomando conta dos meus olhos, mesclado com o verde, era simplesmente a coisa mais linda do mundo.
Daquele mundo.

Ao meu outro lado surgiu Mercúrio.
E também Vênus.

Vi com meus olhos Marte, e particularmente, não tinha água nenhuma por lá, seja no estado que fosse!
Júpiter surgiu grandiosamente diante dos meus olhos.
A cor dele era tão linda.

Saturno e seus anéis...
Cara, que incrível seria se eu pudesse ver Saturno de verdade.

E o carro lá, continuando seu trajeto pela estrada vazia, que era completamente iluminada pela Lua, que, na verdade, reflete a luz do Sol, mas esse detalhe, realmente, não vem ao caso.
A Lua lá, iluminando tudo aqui, e eu completamente liberdade, feliz, desconectada, em êxtase por tudo.

Urano e Netuno me confundiram, porque eu me perdi nos detalhes deles.
Não sabia qual era qual, mas, tudo bem. Os dois eram lindos de qualquer jeito.

E eu vi Plutão.
Tão pequenino, totalmente diferente dos outros, tão grandes e imponentes!
E tudo bem que Plutão já foi planeta, e hoje não é mais, mas, pra mim, sempre continuará sendo! ❤️

E eu lembro de dar voltas e mais voltas naquela estrada, e vendo cada vez mais os planetas de perto.
Estrelas passavam vagarosamente ao meu redor, que eu poderia tocá-las, se não tivesse medo.

Medo tive.
E muito.
Mas, era incrível!
Incrível fazer parte desse Sistema Solar.
Incrível poder ver esses plantas assim, de verdade, sabe?
Surreal!

Mas, a viagem tinha que acabar uma hora, não é mesmo?
Afinal, nenhuma estrada é infinita.
Toda jornada chega ao fim.

E a minha chegou!

Vi o Sol surgir na minha frente, e ele simplesmente queimava tudo o que estava por perto.
Não sei como, mas os planetas tinham ido em direção à ele.
E queimavam, diante dos meus olhos.
E se acabavam, como plásticos derretidos.

E de repente, o Sol se queimou também! Ele se derreteu!
Cara, como pode? Ele é quente! Ele tem que ser resistente!

E de repente, eu vi um buraco negro engolindo tudo o que havia sobrado, e quando dei por mim, eu estava sendo engolida também!




E não é que quando dei por mim, de novo, lá estava eu, deitada na minha cama, com a boca aberta, completamente desacreditada do sonho?
E não é que a primeira coisa que eu fiz foi pegar o celular e verificar a pasta de fotos, pra saber se tudo aquilo tinha sido real mesmo?

Meu Deus.
Isso foi muito Black Mirror!
Que doideira!


Eita que sonho gostoso!
Que sonho incrível, gostoso, prazeroso e muito doido.
Acordei assustada, impactada, suada e com vontade de dormir e sonhar o mesmo sonho de novo!


Por um mundo mais leve, com mais sonhos assim, ao invés de pesadelos, ou sonhos em que a gente está caindo da montanha russa! 😸


2 comentários:

  1. Que sonho incrível!
    Eu queria ter sonhos assim. Uma vez ouvi um cara falando que sempre que ele sonhava com pessoas que tinham morrido, o sonho acontecia no mesmo lugar. Meus sonhos não são lúcidos assim, nem interessantes (e raramente são bonitos). Geralmente são só uns borrões confusos e eu correndo de um lado para o outro.
    Eu queria ver os planetas desse jeito, principalmente a Terra. Deve ser linda vista de fora ♥
    Olha, eu não tenho a mínima certeza, mas acho que Plutão virou planeta outra vez (esse pessoal nunca se decide kkkk).
    Beijos, amei conhecer seu blog

    ResponderExcluir
  2. vou falar que eu iria AMAR demais ter um sonho desses, ver todos os planetas do sistema solar de pertinho. que coisa linda <3

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!
Ative o "Notifique-me" para receber notificação do seu comentário, pois eu sempre respondo. O feedback é adorável! <3

Segredo Sujo © , 2008 ♥ 2018