domingo, 27 de outubro de 2019

Volta (de volta)


Se eu dissesse que faz tanto tempo desde a última vez em que nos falamos, que até esqueci quando foi, certamente eu estaria mentindo.
Se passou tanto tempo, mas ainda me lembro da nossa última conversa...
Amanhã completa dois meses e meio.
Dois meses e meio desde a sua frieza, sua indiferença, sua distância.

Isso me lembrou da Primavera de 2012.

Lembrei de você e eu, sentados na praça, debaixo de uma árvore, você provando uma mistura de sabores em forma de sorvete, enquanto ria de alguma coisa sem noção que eu disse, mas que, com certeza, você fez questão de rir para não ficar constrangedor.

Nem preciso fechar os olhos para lembrar de seu sorriso. Ele, sempre tão doce, está (ainda) guardado aqui: no coração e nas lembranças.
Assim como aquela vez em que dançamos uma noite toda. Só a gente.
Poderia ser assim sempre!

Aí me lembro de quando fui fria e deixei você partir, e agora toda essa frieza começa a fazer sentido: é o mundo dando volta.

Só não sabia que doeria tanto assim...

Nessas voltas que o mundo dá, eu só queria uma coisa: que ele trouxesse você de volta pra mim.



Um comentário:

  1. Às vezes não damos tanto valor à alguém e então sentimos de volta, acho que essas situações nos fazem aprender a nos alertar quando aparecer alguém novo :c

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!
Ative o "Notifique-me" para receber notificação do seu comentário, pois eu sempre respondo. O feedback é adorável! <3

Segredo Sujo © 2008 ♥ 2019