Não me falta vontade

by - 23:59:00

Qual seu signo? Será que combina com o meu? Qual seu jogo favorito? Entre Batman, Flash e Superman, qual você escolheria ser?
Me responda. Sei lá, sabe? Preciso de assunto pra puxar quando eu começar a conversar com você. 
Mas antes, preciso de coragem para fazer com que meus pés caminhem em sua direção. 
É só coragem mesmo, porque vontade é o que não falta.

Não me falta vontade de sair correndo de encontro a você, e abrir meus braços e te dar um abraço e te encher de beijos.
Não me falta vontade de pegar seu rosto e segurá-lo firme com as minhas mãos, e te dar um beijo na testa, e receber um sorriso em troca. Bagunçar seu cabelo e depois arrumá-lo, mas do meu jeito. Olhar no fundo dos seus olhos e me perder, mas ao mesmo tempo me acalmar, pois sei que é ali que me encontro.

Me encontro na sua cara de sono e de cansado no fim do dia, e bocejo a cada vez você boceja. Me encontro nos seus olhos revirando, e me perco quando eles se fixam em mim.
Me encontro nos seus sorrisos, e por lá ficaria a vida toda. Mas saio de lá quando você fecha a cara. Mudou de humor. Coisa boa não aconteceu.
Eu sei que você costuma a acordar cedo aos sábados, e nem fica muito animado com isso. Mas quem é que consegue sorrir às sete da manhã? Por incrível que pareça, eu consigo. E consigo porque sempre lembro do seu sorriso. 
Eu sei que você gosta de cinza e azul escuro. Até que não é uma combinação tão ruim assim. Eu não usaria, mas em você não tem como reprovar algo. Até aqueles cafoníssimos óculos espelhados coloridos lhe caem bem. 
Tudo em você cai bem. 
E sabe o que cairia mais bem ainda? Nós dois, juntos.
Eu toparia cair de cabeça com você em qualquer coisa! Deve ser tão legal ter você como companhia.

Lembra quando a gente se viu pela primeira vez? Você provavelmente não se lembra, mas eu lembro. Era sexta-feira, e eu usava uma camiseta cinza, e você verde. Você passou por mim e olhou nos meus olhos, por apenas alguns segundos, mas o suficiente para que eu perdesse a concentração e esquecesse completamente do que estava falando quando vi seus olhos em mim. Eram quatro horas e quinze minutos da tarde. E depois te vi ás quatro horas e quarenta minutos. 
E deste dia em diante, tenho te observado.
E tenho procurado seus olhares, os quais às vezes encontro, mas, na maioria das vezes, eles não estão na minha direção. 
Perdida. É nessa hora que sempre me perco. Sempre. Não consigo me encontrar.

Não sei seu nome, mas sei que você tem alguém. 
Você já tem alguém ao seu lado. existe alguém que se perde e se encontra em você. Existe alguém que te enche de beijos no fim do dia. Existe alguém que pode te ver deitar na cama e esperar você adormecer, ou que pode acordar mais cedo e ver você dormindo, nem que esteja de boca aberta. Existe alguém que faz você sorrir e que toma conta dos seus pensamentos, dos seus olhares, dos seus toques e dos seus sentimentos.
Existe alguém do seu lado neste momento, enquanto eu escrevo sobre você.

Será que se eu tivesse coragem de me aproximar, talvez algo mudaria? Talvez você não esteja tão feliz assim no amor, ou talvez nem exista mais esse amor. 
Mas entre um mar e outro de dúvidas, eu continuo aqui, a te observar, pontualmente esperando você passar e me olhar. E continuo aqui, a inventar histórias de amor sobre nós dois. 
E continuo a me encontrar e me perder em você. Até criar coragem de caminhar em sua direção.

Ah, como não me falta vontade, moço...