Fragmentos de Março

by - 00:34:00


Abril começou, e agora que começo a me dar conta de que já se passaram 90 dias do começo do ano, e eu ainda não cumpri as promessas que fiz no dia do meu aniversário, que só de curiosidade, foi em Novembro.
Céus!
Acontece com vocês também? Às vezes se perde no tempo, aí se olha no espelho e pensa: "O que que tá acontecendo com a minha vida?".
Pois é.

Rolou Março, trinta e um dias, e também rolou umas boas dores de cabeça com a faculdade.
Dica, amigos: Não deixem de lado as "atividades complementares" da faculdade. Os caras realmente cobram isso na hora de emitir o Diploma.
Mas também rolou uns dias legais, e umas coisas meio nada a ver. Rolou muita flor, cemitério, quilômetros rodados, e também choro.
Afinal, a vida não é só alegria, né, mores?


Abril começa com "A" de amor.
Mas também tem "B", de bosta.
Então, o primeiro post de Abril é um aglomerado de poucas coisas que aconteceram no mês de Março.


△ Comecei a ler "Contos de Fadas". Um livro bem interessante, que conta as histórias clássicas da infância, mas em suas versões originais, sem adaptações, com autoria de Grimm, Perrault e Andersen, entre outros escritores maravilhosos.
Eu tenho ele desde 2010, se não me engano, e comprei porque achei ele bonito. Apenas isto. Uma capa bonita, e a contra capa também, assim como a fonte, e todo o contexto. Mas só agora, que definitivamente, tenho tempo livre, resolvi ler.
Um amor, gente!
▽ Finalmente, comecei a produzir meu Herbário. Finalmente!
Depois de meses procrastinando, resolvi colocar em prática todo o aprendizado adquirido em sala de aula. E com direito à identificação da planta!
Aos poucos ele vai "tomando jeito", mas dá pra acompanhar como ele ficou nesse post aqui!
△ Meu Deus. Como é bom dar uma fugida às vezes, ficar sozinha, tomar chocolate quente e comer pão de queijo quentinho, não é mesmo?
▽ Que saudade eu estava (e ainda estou) de caminhar! Aos poucos, engatinhando, volto com a minha caminhada. Quero que Abril seja um mês sabático (é esse o termo?), sem preocupações desnecessárias, e foco em mim!
Fui no Cemitério dias desses, porque, sinceramente, não tem lugar melhor para colocar a cabeça em ordem (até tem, e como tem! mas cemitérios me fazem temer e acreditar ainda mais na morte, e me colocam os pés no chão).
△ Foi aniversário de UM ANO da Ísis, como mostrei nesse post, e a única coisa que eu consegui no dia foi dar uma ração legal para ela, e tentar tirar essas fotos esquisitas.
Adoraria que todos os gatinhos, cachorrinhos, cavalinhos, vaquinhas e todos os animais do mundo tivessem a mesma sorte que a minha gatinha tem: ter uma casinha, uma caminha quente, e receber muito amor!
▽Voltando às raízes: Suco de maracujá na parede amarelinha. Coisa linda!
△ Meu livro preferido, "As Chaves do Reino", de volta no meu caminho! Não sei como deixei de ler esses livros, mas, aí quando abri e (re)li as primeiras páginas... Já me apaixonei de novo!
▽ Eu precisava compartilhar esse maravilhoso relicário de flores! 
Mozão. 

Sempre cantaram sobre as águas de Março, e dessa vez, posso dizer que elas realmente vieram para fechar o Verão.
A chuva rolou solta por aqui por uns longos dias, mas tudo sob controle! 

Abril começou, e com ele vou fazer o BEDA!
Animada para compartilhar coisas bonitas por aqui!

Um beijo,