quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Fragmentos de Outubro


Outubro foi um mês de muitas experiências. Muito aprendizado, crescimento, desconstrução, medo, esperança, doação, militância e decepção.
Nunca me senti tão desgastada emocionalmente como me senti neste mês.
Acho que foram as Eleições...
Este mês, algumas coisas peculiares aconteceram.
Como por exemplo, eu conseguir um tempo livre para deitar na rede com a Lolla.
Não que eu nunca tenha um tempo livre, mas, eu não tenho quase nunca. Acontece, né, quando se é adulto: fazer faxina na casa e arrumar o quarto nos momentos de folga.
Ou dormir. 
Ou deitar no chão do quarto pra ver filme repetido, tipo Harry Potter, ou Scooby Doo.
Acontece! ♥



Outra coisa que também aconteceu foi um tempinho pra fotografar algumas plantas e registrar esse encontro entre dois gigantes: Ísis, a destemida, e Chorão, o teimoso.
Pra quem não sabe, o Chorão é o gatinho que "mora" em casa, mas não é de casa. Desde Junho de 2017 estamos na luta, eu e minha mãe, para que esse gatinho fique em casa. 
Ele foi abandonado pelos seus antigos tutores, e ficou por aí, vagando. Ele vivia aparecendo em casa, do nada, mas, aí ele foi aparecendo frequentemente, e então descobrimos o abandono.
É um pecado, né?
Mas a gente ajuda como dá! Dá carinho, amor, comida, mas não dá banho, porque, né! ♥



Essa cachorrinha, que eu e minha irmã batizamos de Shakira, vive perto da rua de casa. 
Está cada vez mais magra, mais caidinha, mais debilitada e abandonada. E o mais triste foi saber que ela tem um "dono", que nem deveria ser chamado de dono, mas, né.

Como não dá pra colocar ela pra dentro de casa por motivos mais fortes, levo comida para ela sempre que a vejo. E dias desses consegui dar um remédio para pulgas, carrapatos e sarna. 
Fiquei extremamente feliz em perceber que ela: I) já sabe quem eu sou; II) aparentemente gosta de mim; III) ela está melhorando.
Claro que ainda falta muita coisa pra ela melhorar, como amor, água e comida, casa, carinho, banho, caminha quente e protegida da chuva e frio, e um biscoitinho, afinal, ninguém é de ferro, né?
Fiquei muito feliz por esse mês ter sido um mês de sucesso com ela. Ter conseguido tratar dela, medicar e acariciar sua cabeça foi mágico!



Aqui também teve chuva.
Muita chuva.
Muita chuva e muito vento. Muito frio, nervoso e medo.
Medo da natureza, do tempo, do vento, do céu, do amanhã, e de como esse mundo vai ficar catastrófico cada vez mais.
Desesperador pensar naquilo que não posso ver, mas sei que existe e que lá há sofrimento. Imagina quantos estão longe dos meus olhos e tomam essa chuva? E quantos cachorros, gatos, vacas, pássaros, galinhas, porcos e outros animais, que passam por apuros, e eu nem sei?
Entristecedor!



E quem diria que eu iria tirar foto nesse lugar topzera? HAHAHA
Objetivo realizado com sucesso!


E pra quem não sabe, tenho apreço por cemitérios! Olhe AQUI



Dois salsichinhas e uma vira-lata intrusa

Que Novembro seja um mês de muito amor, carinho, cheiro gostoso e paz! 



2 comentários:

  1. Seus posts são tão amorzinhos ❤ Fico maravilhada ao ler as coisas que tu escreve e as fotografias bonitas que registra.
    Me identifiquei um pouco com o que passou no mês anterior também..
    Que bom que cuidem de mais um gatinho e que tenha abrido mais espaço dentro do seu coraçãozinho para cuidar carinhosamente como pode dessa cachorrinha. Sério, tu é incrível!
    Esses salcichinhas fofos lembrou-me meu cachorrinho, qual o chamamos de Caramelo *-*
    Também adorei ler seu post sobre cemitérios. Uau, admirei tua coragem de encontrar paz em um lugar que acho tão mórbido sei lá. Parabéns pela visão bonita que tem da vida, tu me inspirou um monte agora ����

    ResponderExcluir
  2. dá um dor no peito ver bichinhos abandonados/judiados né? :( que bom que, apesar dos pesares, existem pessoas como você que fazem o que podem pra dar um pouco de atenção, comida, amor, etc ♥ que bom mesmo! :) e as fotos dos salsichinhas, aaaaaa ♥

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!
Ative o "Notifique-me" para receber notificação do seu comentário, pois eu sempre respondo. O feedback é adorável! <3

Segredo Sujo © , 2008 ♥ 2018