quinta-feira, 30 de dezembro de 2021

Às vezes, você é só trabalho


Procurei uma nova foto para colocar como plano de fundo do celular. Eu queria flores, minha máquina de escrever antiga, meus gatos, um livro, ou algo bem inspirador.
Mas, tudo o que encontrei foi... fotos do meu trabalho.

Eu gosto, mas... às vezes cansa. 

Uma das frases que mais odeio ler é "Você não é só trabalho.".
Mas a verdade é que tem dias que é só trabalho. E ele consome, ele cansa, ele suga todas as energias possíveis, nos fazendo sentir esgotados.

Ou será que isso só acontece comigo?

Digo, repito, e não minto: Eu nasci para ser vagabunda.
Eu nasci para ficar em casa, com as pernas pro ar, com a bunda dolorida de tanto ficar sentada, com o corpo todo bronzeado pelo sol na piscina, com a estante branca padrão cheia de livros devidamente lidos e organizados por cor, com o passaporte cheio de carimbos internacionais, com os dedos cheios de anéis de ouro, com a pele impecável de tanto tratamento estético, e com a barriga chapada, porque, teoricamente, em tese, obrigatoriamente, eu teria tempo livre para ir à academia o horário que quisesse, e poderia fazer o que eu quisesse.

Sim.
A vida seria melhor assim, se eu fosse herdeira.
Mas eu não sou.

E essa rotina me consome diariamente: acordar, sair de casa, trabalhar, voltar pra casa à noite, trabalhar de novo até tarde, ir dormir de madrugada, e acordar podre no dia seguinte, durante meses.
Eu estou cansada.
E eu estou cansada de estar cansada.
Cansada de estar reclamando.
Reclamando de barriga cheia.

Saudade de fotografar, ler e escrever como antes.
O trabalho me consumiu, me esgotou, me cansou, e eu surtei. Eu cansei, eu me esgotei, e adoeci. 
A cabeça não aguenta, e o corpo também não. Uma hora a consequencia ia chegar, né. 
Como dizem: "a conta uma hora chega", e  a minha chegou em Dezembro.
Duas crises de ansiedade num intervalo de três dias. Uma ida ao postinho de saúde do bairro, uma ida ao hospital, e duas receitas: Losartana e Sertralina. 
Nunca imaginei na vida que teria que tomar, aos vinte e oito anos, um remédio para pressão e um antidepressivo. 

"Você não é só trabalho."
É surto também.
Segredo Sujo © 2008 ♡ 2022